Siga o Portal do Holanda

O PARAENSE QUE CAIU DO CÉU

Publicado

em

Jean Cardoso Lopes, que apareceu em todos os sites nacionais como o paraense que estudando em escola pública do Amazonas foi aprovado para ingresso na Universidade de Harvard, na verdade mentiu. Também não ganhou medalhas, não participou de olimpíadas cientificas de robótica e astronomia, nem passou em vestibulares nas universidades de Stanford, Yale, Oklahoma, Caltech, Flórida, Connecticut,  Princeton, São Francisco ou Massachusetts Institute of Technology (MIT). Foi uma mentira bem contada que fez muitas vítimas. A primeira delas, a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Amazonas, que não checou a informação, e depois o Portal  do Holanda e todos os sites da região, que reproduziram a matéria.

Ficou um exemplo de mau jornalismo, de desserviço à comunidade, e aos leitores.  Jean pode ser acusado de fraudar documentos pois o certificado que apresenta como prova de que teria sido aprovado na seleção para ingresso em  Harvard seria uma grosseira falsificação.  

Nem por isso se pode negar sua inteligência. Contou uma história de sonhos que todos acreditaram. Mas agora vive o pesadelo do descrédito, que parte da imprensa compartilha, inclusive o Portal do Holanda, pela falta da necessária apuração.

ECA na Rivoli

Como nem todo mundo é perfeito, o vereador Gilmar Nascimento (PDT) conseguiu trocar as bolas na sessão desta quarta na Câmara Municipal de Manaus ao reclamar do mau atendimento da concessionária Peugeot, a Rivoli, ele pediu maior respeito às normas do ECA – Estatuto da Criança e Adolescente, em vez de citar o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Moleque

Incomodado com pronunciamento do deputado estadual José Ricardo (PT) feito na Aleam na terça-feira, quando disse que audiência pública sobre tarifa, na CMM, era encenação, o vereador Marcelo Serafim (PSB) deu o troco e afirmou que isso não é atiutude de um homem, mas de moleque.

Vidraça

Aliás, o discurso de José Ricardo desagradou quase todos os vereadores que aproveitaram a sessão desta quarta-feira para desagravar a casa. Assim, o vereador Rozenha (PSDB) aloprou ao usar a expressão “Vá esculhambar as negas dele, não a mim”, para protestar e defender a CMM. Foi o dia de ser vidraça do petista.

Figurante nos Transportes

O senador Alfredo Nascimento (PR) estava se gabando de ter ‘feito’ o novo ministro do Transportes, César Borges. Só que o orçamento, invejável até, de R$ 20 bilhões, será ‘administrado’ pela ministra do Planejamento, Mirian Belchior. Assim, o indicado de Nascimento vira figurante.

Manaus nota 10

O Tribunal de Contas do Estado entregou à Procuradoria Geral de Justiça a lista com os nomes dos 23 prefeitos e 15 presidentes de câmaras municipais que não entregaram a prestação de contas no prazo legal. Diz o presidente do TCE, Érico Desterro, que “Na lista constam gestores que insistem em não prestar contas dos recursos públicos à sociedade. Por que? Não sei...” Já na capital todos os órgãos dos três poderes cumpriram o prazo, informa o TCE.

Nem aí para a Zona Franca de Manaus

A bancada federal do Amazonas continua inerte quando o assunto é Zona Franca de Manaus. Na reunião desta semana em Brasília para tratar da PEC 506/2010 que trata da prorrogação da Zona Franca por mais 50 anos, os deputados federais Silas Câmara (PSC) e Sabino Castelo Branco (PTB) deram pouco importância ao assunto e não deram o ar da graça nos últimos dias em Brasília. O encontro acabou sendo adiado mais uma vez. Além de Sabino e Silas, participam também da Comissão Especial da Câmara Federal os deputados do Amazonas Carlos Souza (PSD), Átila Lins (PSD) e Henrique Oliveira (PR).

Braguistas e Petistas prometem boicotar encontro com Artur

Juntos na eleição para a presidência da Câmara Municipal de Manaus em janeiro, PSL e PMDB já dão sinais claros de que a Lua de Mel com o prefeito Artur desandou e o trio ‘Braguista’, Massami Miki (PSL), Marcel Alexandre (PMDB) e Isaac Tayah (PSD) não fazem a menor questão de guardar segredo e já declaram por todos os cantos da Câmara Municipal de Manaus (CMM) que não irão comparecer à convocação do prefeito Artur Neto que reunirá aliados amanhã a noite na casa do vereador Hiram Nicolau (PSD) para um breve balanço dos 100 dias  de sua administração.

@@@

Os vereadores do PT, Waldemir José, Professor Bibiano e Rosi Mattos, também não deverão comparecer ao encontro, mesmo tendo votado a favor de algumas matérias  do Executivo enviadas à CMM.

@@@

A decisão de Massami, Marcel e Tayah de boicotar o encontro do tucano atende à uma determinação do senador Eduardo Braga (PMDB). Quem não está muito a vontade com a situação é Tayah que mesmo filiado ao partido do governador Omar Aziz tem atendido às ordens do ex-governador vindas de Brasília.

Vereadores arregaçam as mangas contra deputado petista

Os vereadores aproveitaram a transmissão ao vivo da sessão de ontem na Câmara Municipal de Manaus e miraram suas metralhadoras contra o deputado estadual José Ricardo (PT) pelas críticas feitas a reação dos vereadores diante do aumento da tarifa.

@@@

Rozenha que é líder do PSDB na Casa disse que o petista foi oportunista. Marcelo Serafim declarou que ficou decepcionado com o parlamentar e que o mesmo age psicologicamente como um vereador. “As preocupações dele são sempre com os problemas de Manaus. Ele é um deputado estadual que não viaja para o interior e não se preocupa com o conjunto, com o coletivo”, disse.

@@@

Carijó defendeu o retorno de Zé Ricardo à Câmara Municipal de Manaus e Elias Emanuel engrossou o coro contra o petista. Professor Samuel disse que o deputado busca apenas sua autopromoção. Já o ouvidor da CMM, Hiram Nicolau disse que Manaus precisa de parlamentares que discutam de forma concreta os problemas da cidade. “Lugar de ator é no teatro”, completou o parlamentar.

Garantido e Caprichoso farão evento para a Saúde

As agremiações Garantido e Caprichoso receberão cada um R$ 20 mil para fazerem apresentações no dia 7 de abril no evento Dia Mundial da Saúde a ser realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Os valores serão repassados pelo Manauscult.

Ministro  diz que Alfredo  foi injustiçado

O novo ministro dos Transportes, César Borges lembrou do colega da partido Alfredo Nascimento em seu discurso de posse ontem em Brasília. Borges disse que o ex-ministro e hoje senador Alfredo Nascimento foi injustiçado.

@@@

"O senador deve estar pensando como é voltar para esse ministério onde já trabalhou e como é estar diante dessa plateia que hoje o aplaude", disse Borges.

@@@

Nascimento foi um dos primeiros ministros a sair do governo na "faxina" promovida pela presidente Dilma Rousseff no início do seu mandato, após denúncias de irregularidades.

Sem alarde

O ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) comemorou seu aniversário de 66 anos ontem com uma festa bem particular. Apenas os netos e os filhos estiveram com ‘Sarafa’ que em casa ainda se recupera de um procedimento cirúrgico.

Críticas e elogios

Falando sobre as duas PECs relativas à Zona Franca de Manaus, o deputado Marcelo Ramos elogiou a que prorroga os benefícios por mais 50 anos, mas levantou suspeita sobre a que amplia os benefícios para os municípios da Região Metropolitana. Segundo ele, a PEC abre espaço para que parlamentares de todo o Brasil reivindiquem a mesma abertura para os seus próprios municípios.
De raspão, o líder do PSB aproveitou para alfinetar a bancada federal do Amazonas.

@@@

Os deputados federais do Amazonas, inclusive os que são membros da comissão, não aparecem para as reuniões.
 
Só e emoção
 

Pai e filho se emocionaram durante a sessão especial em que a Assembleia Legislativa devolveu simbolicamente o mandato ao ex-deputado Arlindo Porto. Artur Bisneto, autor da proposta, se emocionou ao final do discurso e chorou na tribuna. Depois, em fala durante apresentação de um vídeo sobre a vida de Arlindo Porto, o pai, Artur Neto, também aparece chorando ao falar da cassação de Arlindo.
 
Lembranças
 
Pode ter sido apenas uma coincidência histórica, mas o deputado que dá nome ao plenário Ruy Araújo, da Assembleia Legislativa, foi um dos três que votaram contra a cassação de Arlindo Porto em maio de 1964. Na sessão de ontem na Assembleia Legislativa, ele e os outros dois, Abdala Sahado e Francisco Guedes de Queiroz foram lembrados.
 
Almino Afonso
 
Dirigindo-se ao prefeito Artur Neto, o ex-ministro Almino Afonso o chamou de senador da República, com direito outorgado legitimamente nas urnas. Para o homenageado do dia, Arlindo Porto, Almino fez outro afago: Com tantos títulos que te são outorgados, não sei por qual título invocá-lo, por isso me permite invocá-lo por aquele que vem de mais longe, o de queridíssimo amigo Arlindo Porto.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.